Últimas Postagens

O TEMPO
Texto base: Eclesiastes 3.1-8:

“Tudo neste mundo tem o seu tempo; cada coisa tem a sua ocasião. Há tempo de nascer e tempo de morrer;
tempo de plantar e tempo de arrancar; tempo de matar e tempo de curar; tempo de derrubar e tempo de construir.
Há tempo de ficar triste e tempo de se alegrar; tempo de chorar e tempo de dançar; tempo de espalhar pedras e tempo de ajuntá-las;
tempo de abraçar e tempo de afastar. Há tempo de procurar e tempo de perder; tempo de economizar e tempo de desperdiçar;
tempo de rasgar e tempo de remendar; tempo de ficar calado e tempo de falar. Há tempo de amar e tempo de odiar; tempo de guerra e tempo de paz. (NTLH)

Imagem tirada do blog parceiro Opposite Way
O dicionário Aurélio define tempo como a medida de duração dos fenômenos.
Se não existisse a noção de tempo, seríamos completamente desorganizados, pois, cada um conduziria suas tarefas, compromissos, à sua própria maneira.
Atualmente, a tecnologia nos proporciona incontáveis meios para “ganharmos” tempo, como computadores, celulares, etc.,
isto sem contar o fato de que temos dormido menos, A lógica é: se temos recursos que nos permitem economizar tempo na execução de tarefas,
temos tempo de sobra. Entretanto, não tem sido bem assim. A cada dia que passa, o tempo parece faltar.
Quem nunca teve a impressão de que hoje “terminou” mais rápido que ontem? Ou que o ano pareceu passar ainda mais rápido?...
O texto base nos diz que há tempo para tudo, mas onde está esse tempo? Se o dia continua tendo 24 horas,
as horas continuam tendo 60 minutos e os minutos continuam tendo 60 segundos, por que parece não haver mais tempo pra nada?

Jesus nos diz que: “Nenhum de vocês pode encompridar a sua vida, por mais que se preocupe com isso. (Mt. 6.27)”

e nos aconselha a “Não ficar preocupados com o dia de amanhã, pois o dia de amanhã trará as suas próprias preocupações. Para cada dia bastam as suas próprias dificuldades. (Mt. 6.34)”.


O que fazer então? Proponho a você leitor e a mim mesmo um desafio baseado na Bíblia: dizimarmos de tudo quanto Deus nos dá, inclusive do tempo. Durante esta semana separemos, nem que seja por somatório, 10% (2h e 24min) de nosso tempo para adorar, louvar, orar, ler a Bíblia,
entregar folhetos, falar de Deus para alguém, enfim, façamos o que Deus nos mandar.
Na próxima segunda-feira, nos reencontraremos para compartilhar as experiências deste desafio.

Finalmente amados, que a graça do nosso Senhor Jesus Cristo seja com você! Amém!

Daniel Camelo

O que Significa Temer a Deus?

Para o descrente, temer a Deus é temer o julgamento de Deus e a morte eterna, que é separação eterna de Deus (Lucas 12:5; Hebreus 10:31). Para o crente, temer a Deus é algo muito diferente. O temor do crente é reverência a Deus.

Provérbios 1:7 declara: "O temor do SENHOR é o princípio do saber...". Até compreendermos quem Deus é, e até desenvolvermos um temor reverencial a Ele, é difícil obtermos sabedoria verdadeira.

Sabedoria verdadeira tem sua origem apenas na compreensão de quem Deus é – que Ele é Santo, justo e correto.

Deuteronômio 10:12, 20-21 afirma: "Agora, pois, ó Israel, que é que o SENHOR requer de ti?

Não é que temas o SENHOR, teu Deus, e andes em todos os seus caminhos, e o ames, e sirvas ao SENHOR, teu Deus, de todo o teu coração e de toda a tua alma... Ao SENHOR, teu Deus, temerás; a ele servirás, a ele te chegarás e, pelo seu nome, jurarás. Ele é o teu louvor e o teu Deus, que te fez estas grandes e temíveis coisas que os teus olhos têm visto." O temor de Deus é a base para andarmos em Seus caminhos, e para servirmos e amarmos a Ele.

Muitos têm a tendência de minimizar o temor de Deus dos crentes a apenas "respeito" por Ele. Enquanto respeito faz parte do conceito, temer a Deus na verdade significa mais do que isso.

O Temor ao Senhor é descrito como:


a) Sabedoria:"O temor do SENHOR é o princípio da sabedoria; revelam prudência todos os que o praticam. O seu louvor permanece para sempre." (Sl 111.10);

b) Esperança:"Melhor é o pouco, havendo o temor do SENHOR, do que grande tesouro onde há inquietação." (Pv 15.16);

c) Tesouro:"Haverá, ó Sião, estabilidade nos teus tempos, abundância de salvação, sabedoria e conhecimento; o temor do SENHOR será o teu tesouro." (Is 33.6); Fonte de Vida (Pv 14.27);

d) Eterno:"O temor do SENHOR é límpido e permanece para sempre; os juízos do SENHOR são verdadeiros e todos igualmente, justos." (Sl 19.9);

e) Necessária no Servir:"Por isso, recebendo nós um reino inabalável, retenhamos a graça, pela qual sirvamos a Deus de modo agradável, com reverência e santo temor; porque o nosso Deus é fogo consumidor." (Hb 12.28, 29)

Deve-se cultivar o temor a Deus, por diversos motivos, veja alguns:

a) Devido à Santidade "Quem não temerá e não glorificará o teu nome, ó Senhor? Pois só tu és santo; por isso, todas as nações virão e adorarão diante de ti, porque os teus atos de justiça se fizeram manifestos." (Ap 15.4);

b) Sua Grandiosidade e Poder "Agora, pois, ó Israel, que é que o SENHOR requer de ti? Não é que temas o SENHOR, teu Deus, e andes em todos os seus caminhos, e o ames, e sirvas ao SENHOR, teu Deus, de todo o teu coração e de toda a tua alma," (Dt 10.12);

c) Pelo Perdão "Contigo, porém, está o perdão, para que te temam." (Sl 130.4);

d) Obras Extraordinárias "Porque o SENHOR, vosso Deus, fez secar as águas do Jordão diante de vós, até que passásseis, como o SENHOR, vosso Deus, fez ao mar Vermelho, ao qual secou perante nós, até que passamos. Para que todos os povos da terra conheçam que a mão do SENHOR é forte, a fim de que temais ao SENHOR, vosso Deus, todos os dias." (Js 4.23,24);

e) O Juízo "dizendo, em grande voz: Temei a Deus e dai-lhe glória, pois é chegada a hora do seu juízo; e adorai aquele que fez o céu, e a terra, e o mar, e as fontes das águas." (Ap 14.7);

f) Bondade "Tão somente, pois, temei ao SENHOR e servi-o fielmente de todo o vosso coração; pois vede quão grandiosas coisas vos fez." (1Sm 12.24);

g) Comum aos Santos "Então, os que temiam ao SENHOR falavam uns aos outros; o SENHOR atentava e ouvia; havia um memorial escrito diante dele para os que temem ao SENHOR e para os que se lembram do seu nome." (Ml 3.16);

h) Uma Alegria "Servi ao SENHOR com temor e alegrai-vos nele com tremor." (Sl 2.11).

Sem temor, é impossível:

a) Adorar a Deus "porém eu, pela riqueza da tua misericórdia, entrarei na tua casa e me prostrarei diante do teu santo templo, no teu temor." (Sl 5.7;)"Deus é sobremodo tremendo na assembléia dos santos e temível sobre todos os que o rodeiam." (Sl 89.7);

b) Servir "Servi ao SENHOR com temor e alegrai-vos nele com tremor." (Sl 2.11)"Por isso, recebendo nós um reino inabalável, retenhamos a graça, pela qual sirvamos a Deus de modo agradável, com reverência e santo temor; porque o nosso Deus é fogo consumidor." (Hb 12.28,29);

c) Evitar o Pecado "Respondeu Moisés ao povo: Não temais; Deus veio para vos provar e para que o seu temor esteja diante de vós, a fim de que não pequeis." (Ex 20.20)

d) Crescer na Santidade "Tendo, pois, ó amados, tais promessas, purifiquemo-nos de toda impureza, tanto da carne como do espírito, aperfeiçoando a nossa santidade no temor de Deus." (2Co 7.1).

O temor a Deus é tão necessário quanto alimentar-se e o vestir-se!

O homem temente a Deus é:


a) Agradável a Deus "Agrada-se o SENHOR dos que o temem e dos que esperam na sua misericórdia." (Sl 147.11);

b) Tem Sua Compaixão "Pois quanto o céu se alteia acima da terra, assim é grande a sua misericórdia para com os que o temem... Como um pai se compadece de seus filhos, assim o SENHOR se compadece dos que o temem... Mas a misericórdia do SENHOR é de eternidade a eternidade, sobre os que o temem, e a sua justiça, sobre os filhos dos filhos," (Sl 103.11,13,17)"A sua misericórdia vai de geração em geração sobre os que o temem." (Lc 1.50)

c) Aceito "aquele que o teme e faz o que é justo lhe é aceitável." (At 10.35);

d) Abençoado "Aleluia! Bem-aventurado o homem que teme ao SENHOR e se compraz nos seus mandamentos." (Sl 112.1) "Ele abençoa os que temem o SENHOR, tanto pequenos como grandes." (Sl 115.13);

e) Confiante "Confiam no SENHOR os que temem o SENHOR; ele é o seu amparo e o seu escudo." (Sl 115.11) "No temor do SENHOR, tem o homem forte amparo, e isso é refúgio para os seus filhos." (Pv 14.26);

f) Inimigo do Mal "Pela misericórdia e pela verdade, se expia a culpa; e pelo temor do SENHOR os homens evitam o mal." (Pv 16.6);

g) Agradável no Falar "Então, os que temiam ao SENHOR falavam uns aos outros; o SENHOR atentava e ouvia; havia um memorial escrito diante dele para os que temem ao SENHOR e para os que se lembram do seu nome." (Ml 3.16);

h) Corajoso "Não chameis conjuração a tudo quanto este povo chama conjuração; não temais o que ele teme, nem tomeis isso por temível. Ao SENHOR dos Exércitos, a ele santificai; seja ele o vosso temor, seja ele o vosso espanto." (Is 8.12,13);

i) Dias Prolongados "O temor do SENHOR prolonga os dias da vida, mas os anos dos perversos serão abreviados." (Pv 10.27).

“Ensina-me, Senhor, o teu caminho, e andarei na tua verdade; dispõe-me o coração para só temer o teu nome.” Sl 86.11

O temor de Deus que é Bíblico, para o crente, inclui a compreensão do quanto Deus odeia o pecado.

O temor do SENHOR consiste em aborrecer o mal; a soberba, a arrogância, o mau caminho e a boca perversa, eu os aborreço." Pv 8.13

Amém?!

Fiquem na Paz do Senhor!!!

Sérgio Melo